Presidente do MpD considera “patetice maquiavélica” ligação de Carlos Veiga à extrema-direita

0

Líder democrata lembrou que o MpD e Carlos Veiga não estão nos extremos mas sim “no centro, no coração” dos Cabo-verdianos e advertiu que o País não precisa de mais tempestades

A partir do Porto Novo onde esteve ontem em campanha com o candidato democrata, Carlos Veiga, e ao lado do Presidente da UCID, que também apoia a eleição de Kalú, Ulisses Correia e Silva foi claro ao considerar ser uma “patetice maquiavélica” a ligação de Carlos Veiga à extrema-direita, feita pela candidatura adversária de JMN.

Categórico, o Presidente do MpD, maior Partido Cabo-verdiano, observou que o MpD e Carlos Veiga não estão nos extremos mas sim “no centro, no coração” dos Cabo-verdianos. “Portanto, para não meter as pessoas medo, nem condicioná-las, não estamos nos extremos, estamos no centro, no coração dos Cabo-verdianos”, vincou, para de seguida advertir que Cabo Verde não precisa, na atual conjuntura de mais tempestades. “Não precisamos de tempestades instaladas na Presidência da República, precisamos de tempo limpo, horizontes para caminharmos”, vaticinou, esclarecendo que Cabo Verde precisa de Carlos Veiga como Presidente da República.

Por outro lado, UCS que é também Primeiro-Ministro garantiu liderar o Governo “com maior rosto humano de Cabo Verde, com rosto social, responsável”.

Quanto à sua participação na campanha de Carlos Veiga, o líder democrata foi categórico, afirmando que a “única coisa que usamos é a nossa liberdade, liberdade de escolha, de participar e de votar, o maior ganho que Cabo Verde já teve” com o 13 de janeiro de 1991.

Por outro lado, UCS ridicularizou as afirmações de JMN sobre participação do PM nas campanhas presidenciais. “É preciso ter memórias” começou por dizer, lembrando que JMN é repetente nestas ações. Esteve na campanha presidencial de Pedro Pires e de Manuel Inocêncio Sousa, este último em 2011 e contra Aristides Lima. “Enquanto Primeiro-Ministro (JMN) participou na campanha de Pedro Pires, candidato a PR, participou na campanha de Manuel Inocêncio Sousa, ele foi contra Aristides Lima, como candidato e eu não posso participar na campanha a favor de Carlos Veiga?” indagou.

As eleições ocorrem já no domingo e Carlos Veiga é o candidato número 4, no Boletim de Voto.

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui