Prisão preventiva para pai acusado de matar filha em Santa Cruz

0
Homem indiciado de matar sua própria filha. Foto "SM"

Homem de 43 anos de idade vai aguardar desenrolar do processo em São Martinho

Umarú Djaló Ramos, o pai que matou a sua própria filha de 14 anos, na passada quarta-feira, ficou em prisão preventiva, na sequência da sua audição pelo Ministério Público.

A tragédia enlutou Santa Cruz.

A Justiça está a indiciar o indivíduo de um crime de homicídio agravado.

A vítima, estudante do 8.º ano, é identificada como Ariela Ramos.

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui