Retoma do turismo deve começar pela Ilha do Sal

1

Para 15 de dezembro está previsto a chegada dos primeiros turistas, após interregno em março

A retoma do turismo em Cabo Verde está prevista para o próximo 15 de dezembro, estando já operadores turísticos a programar a vinda de turistas. A Ilha do Sal está a ser preparada para essa retoma, com foco na revitalização da economia e dos empregos sobretudo.

O Primeiro-Ministro confirma que Cabo Verde tem estado a trabalhar “diretamente” com os principais operadores turísticos, havendo já “lançamento de oferta” para a vinda de turistas em “voos organizados”.

“Esperamos que se concretize. Tudo deverá acontecer a partir de 15 de dezembro”, previu.
Com este cenário, Ulisses Correia e Silva considera “necessário que todos” se cuidam e usam máscaras em espaços públicos. “Estamos a preparar a Ilha (do Sal) para o retorno ao turismo e é fundamental que cada um seja o guardião da proteção, quer dizer guardião também do emprego, do rendimento, da atividade económica. Porque sem um bom controlo da pandemia teremos dificuldade em fazer a retoma económica”, advertiu.

Nesta data, a Ilha do Sal tem apenas 1 caso ativo da Covid-19 e nas últimas semanas tem registado uma considerável diminuição de infeções. Das 701 infeções acumuladas, 695 são dados como recuperados e restantes 5 são casos fatais.

Desde o início da semana, o Sal deixou de estar em estado de emergência.

A nível nacional, os dados apontam para um total acumulado de 8.882 infeções, mas a grande maioria, 8.110, são casos recuperados. O boletim epidemiológico regista 95 mortos, 2 transferidos e 675 casos ativos.

A Ilha de Santiago tem 495 ativos, seguido do Fogo com 132, São Vicente 25 e Santo Antão com 12.

1 COMENTÁRIO

  1. Há por aí um papagaio esperto, que atende pelo nome de Manuel Rosa, com manias de entende de tudo lá em Cabo Verde. Sujeito é formado pela Escola de Diplomacia do Brasil, o Itamarati. Sujeito não estudou nem pisou numa faculdade de Economia, mas já foi elevado à posição de conselheiro econômico da Janira. “Os iguais se atraem.” Só fala asneiras e mais asneiras e já até se atreve a dar aulas de Economia a economistas seniores como Ulisses e Olavo. Basofo prá caramba e não tem compromisso nem com a verdade, nem com o conhecimento e muito menos com a ciência. Um fala barato. Perguntado como chegou às conclusões das asneiras que diz responde que ouviu algures, provavelmente no Globo Repórter. Pior, sujeito de tão esperto que é, não consegue sequer resolver uma equação do segundo grau, mas acha que entende alguma coisa e já dá aulas para matemáticos, engenheiros, físicos e estatísticos e economistas. Nunca estudou turismo, agora dá aulas de turismo a licenciados em turismologia. Bla, bla, bla é a especialidade dele. Só fala asneiras para a turma dos bestas, porque na turma dele há sempre outro idiota a dizer concordo. Os iguais se atraem. Nunca pisou uma faculdade de medicina, dá aulas aos médicos e há sempre um besta igual a dizer concordo. Nunca pisou os pés numa faculdade de engenharia de transporte, mas dá aulas de transporte, aviação civil, mercantil e há sempre um idiota a dizer concordo. Questão dos iguais. Perguntado onde aprendeu tudo isto a resposta é a seguinte: eu li algures. Sujeito de tão esperto que é confunde informação livresca com conhecimento, com ciência, com aprendizagem. É um especialista made by Google. E Quando lhe sobe a testosterona, vai ao Facebooke desata a mentir como classe,mas nada que é verificável pela ciência. Bla, bla blz. Pior, não pára de vender pipocas. Tal como os outros da mesma turma, acha que Facebook não é lugar de falar verdade, mas uma selva ‘de livre expressão’ da mentira. Perguntei a um ex colega dele no Itamarati e nos Negócios Estrangeiros qual foi a marca dele, por onde passou. A resposta foi clara: foi ele quem aconselhou JMN a reduzir o valor das de estudos dos estudantes no Brasil. Não pára de falar asneiras e Facebook é o palco que precisa. Montou uma tenda em frente ao Facebook para vender banha de cobra.

Comments are closed.