SANTO ANTÃO: Ilha está a livrar-se dos plásticos

0

Santo Antão é “o único sítio do mundo”, de acordo com a responsável, a dispor de uma unidade de produção de azulejos a partir de reciclagem de plásticos, que, essencialmente, visa “livrar o ambiente dos plásticos”

A ilha de Santo Antão nos últimos meses, vem se livrando de “uma grande quantidade” de plásticos, graças à fabrica de azulejo instalada na ilha há um ano.

Sito em Penedo de Janela, no Município do Paúl, a fábrica usa desses plásticos para servir de matéria-prima, segundo a direção dessa unidade, que afirma estarem já a colocar o produto no mercado.

A instalação dessa empresa, na ilha das montanhas, foi uma iniciativa da Fundação dos Amigos do Paúl, na Holanda que, além dos “ganhos” à economia de Santo Antão, tem ressaltado, sobretudo, o impacto ambiental deste projeto que custou quatro mil contos.

“O principal objetivo do projeto é ajudar na retirada dos plásticos do meio ambiente em Santo Antão e Cabo Verde”, sublinha Maria Teresa Segredo, Presidente dessa fundação.

Santo Antão é “o único sítio do mundo”, de acordo com a responsável, a dispor de uma unidade de produção de azulejos a partir de reciclagem de plásticos que, essencialmente, visa “livrar o ambiente dos plásticos”.

A unidade com capacidade de produção de cerca de 24 mil pedras de diferentes padrões por ano, começou a colocar o produto no mercado em abril e o interesse dos operadores tem estado a crescer dia após dia, segundo os responsáveis.