Transparência Internacional elege Cabo Verde como segundo País menos corrupto em África Subsaariana (Atualizada)

1

Relatório divulgado nas últimas horas, também elege o Arquipélago como primeiro ao nível da CPLP

Elaborado desde 1995, o Índice de Perceção da Corrupção da organização Transparência Internacional, acaba de eleger Cabo Verde como o segundo País menos corrupto em África Subsaariana, com o Arquipélago a ficar em 30.º lugar, entre 180 Estados e territórios avaliados.

O mesmo relatório divulgado nas últimas horas, também elege o Arquipélago como primeiro ao nível da CPLP, totalizando 64 pontos em 100 possíveis, à frente de Portugal que surge na posição 34 com uma pontuação de 61.

Ao nível da CPLP, São Tomé e Príncipe ocupa a posição 67, com 45 pontos, Brasil é 104.º com 33 pontos, Angola é 121 posicionado com 33 pontos, Moçambique está em 145, com 25 pontos, a Guiné-Bissau na posição 158 e 22 pontos, e a Guiné Equatorial aparece na 172.ª posição e uma pontuação de 17.

O Índice é liderado pela Dinamarca com 90 pontos, seguido da Finlândia, 87 pontos, Nova Zelândia 85, Noruega 84 e Cingapura com 83, completando, assim, o top5.

Em sentido contrário está a Somália, apenas 11 pontos em 100 possíveis. A Venezuela, a Síria e o Sudão do Sul, surgem lado a lado, todos com 13 pontos, antecedidos pelo Iémen, 16.

Confira o ranking.



1 COMENTÁRIO

  1. Cabo Verde não ficou na 31ª posição, como equivocadamente vem sendo noticiado, mas sim na 30ª posição. Ou seja, o país está entre os 30 menos corruptos do mundo e é o 2º melhor no continente africano.

Comentários estão fechados.