TRANSPORTES INTER-ILHAS: Concurso internacional de concessão vai continuar

0

Garantia é do Ministro do Turismo e dos Transportes. José Gonçalves garante que todos os procedimentos do concurso “têm sidos respeitados”

O concurso internacional de concessão dos transportes marítimos inter-ilhas vai continuar, garantiu o Ministro, que sublinhou que o Governo não vai esperar “qualquer detração” saída da providência cautelar, imposta por uma empresa nacional.

É que a Autoridade Reguladora das Aquisições Públicas, ARAP, julgou improcedente o recurso apresentado pelo consórcio constituído pela empresa Cabo-verdiana Palm Shipping Lines, em conjunto com o seu parceiro holandês Tschudi Ship Management.

O Ministro garante que todos os procedimentos do concurso “têm sidos respeitados” e a ARAP considerou não haver matéria para impugnação, daí indicar que o concurso vai continuar. “Não se vai esperar com qualquer detracção, uma vez que os atrasos nos concursos, também atrasam o plano de execução das medidas”, acentuou.

José Gonçalves avança ainda que o Governo já enviou o caderno de encargos às empresas que continuam no concurso, tendo estas 45 dias para apresentarem as suas propostas.

O Governo continua empenhado em encontrar uma resposta adequada para a unificação do mercado das ilhas, pela via marítima. “O que se pretende é unificar o País e dar melhores respostas em termos de segurança, regularidade, eficiência e sustentabilidade”, enfatizou o Ministro.