Última hora. Navio Razoni zarpou de Odessa com cereais a bordo

0

Trata-se do primeiro carregamento, a partir da Ucrânia, envolvido num ataque das tropas Russas desde 24 de fevereiro

Pode ser um dia histórico. Da Ucrânia zarpou, esta manhã, o navio Razoni, transportando um primeiro carregamento de cereais. Fala-se em 26 toneladas de milhp, tendo o navio iniciado viagem no Porto de Odessa, navegando, a esta hora em direção a Tripoli, no Líbano, para depois rumar a Istambul onde estima ancorar na terça-feira, 2.

A Rússia e a Ucrânia assinaram a 22 de julho acordos separados com a Turquia e as Nações Unidas, abrindo caminho para a Ucrânia exportar 22 milhões de toneladas de cereais e outros produtos agrícolas que ficaram retidos nos portos do Mar Negro devido à invasão Russa, a 24 de fevereiro.

Os acordos também permitem à Rússia exportar cereais e fertilizantes, revelam agências de notícias internacionais.

António Guterres saudou “calorosamente” a saída do navio com cereais a bordo e disse esperar que este seja o “primeiro de muitos” navios comerciais, em conformidade com o acordo assinado e que vai trazer estabilidade e ajuda indispensáveis à segurança alimentar mundial, em particular nos contextos humanitários mais frágeis.

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui