Uma crise de gargalhada?

5

Uma confusão total! Um espectáculo deselegante !!! Caíram os vernizes e foi retirado o filtro virtual! A cara natural reergueu-se e nada bonito! Demasiado feito até!

A candidatura de José Maria Neves pretende mudar o quê? O Germano Almeida não quis esclarecer! Ficamos todos confusos! Querem mudar o governo? O sistema político? O que pretendem mudar? Os resultados das eleições do 18 de Abril de 2021? Querem mudar o hino e a bandeira?

O Germano Almeida fala da justiça! Germano Almeida, ilustre mandatário, disse que pediu ao Presidente da República, Dr. JCF, para mudar a justiça. E que teve como resposta: “não posso fazer isso. O PR não tem essa competência”.

Então agora sabemos que o candidato do Germano Almeida quer arranjar poderes, que a Constituição não lhe confere?

José Maria vai mudar a justiça? Os Tribunais deixarão de ser órgãos de soberania? Deixarão de ser independentes?

Ele quer e vai intervir nos transportes públicos? O JMN vai intervir nas matérias constitucionalmente reservadas ao Governo? Ele vai mudar o programa do governo? Oh meu Deus! Ele vai interferir nos assuntos da governação? O José Maria quer ser um Presidente da República, mas com poderes do primeiro-ministro? Vai provocar uma guerrilha institucional entre o Presidente da República e o Governo? Oh meu Deus! Assim, aonde iremos parar?

Que tamanha confusão! Que tamanha ambição? Que tamanha sede de poder? Ter poderes para além do quadro de poderes estabelecidos pela Constituição da República? Ou seja, usurpar poderes de outros órgãos de soberania? Oh meu Deus! Quer ir para além da Constituição da República? Passarmos a ter um Presidente da República, que é um usurpador?

E de resto, uma tamanha basofaria e “show off” para a apresentação de uma simples candidatura!!!! Uma fila de portadores de pastas com milhares de assinaturas de subscritores, para impressionar os cientes eleitores que o candidato tem milhares subscritores?

Que falta de criatividade!

Que coisa mais ridícula!!!! Isto não se vê nem nos EUA, onde temos um país de regime presidencialista!!!

Não seria de todo mal se o mandatário Germano Almeida questionasse a si próprio porquê que as mudanças que agora invoca não foram executadas em 15 anos, quando o seu mandante era primeiro-ministro, e o primeiro-ministro que tudo prometia aos eleitores!

5 COMENTÁRIOS

  1. Como sempre oportuno, este Maika … lúcido!!
    Tb achei piada o descaramento do germano a pedir que se recrie um ambiente de mudança quando em Abril os eleitores disseram precisamente o contrário. O homem estava com o rosto muito avermelhado, será que anda abusar do néctar? Criticar a justiça e os transportes? Meu Deus quem não se lembra da prestação negativa nestes sectores pelo governo do JMN? A JHa pagou a factura mas quem não esteve à altura foi aquele, hoje candidato. Não era necessário tanto carnaval e ainda por cima fora do tempo, na oficialização da candidatura… mas compreende-se! Pelos vistos é preciso convencer a família tambarina que não está convencida, que esta poderá ser uma candidatura vencedora! Quando a esmola é grande o pobre desconfia!

  2. Tenho observado serenamente o esforço que JMN vem fazendo para parecer equilibrado, justo, patriota e democrata, com enorme empenho da sua rede de amantes e protegidos. Claro que JMN sabe muito bem que, o que o povo não sabe e não conhece, não impactará o seu comportamento eleitoral . Vem clara e maquiavelicamente jogando com esse dado da ciência política .
    Contudo, ele deve estar ciente de que a sua estratégia narcisista de usar todo o mundo para subir ao topo e depois mandar retirar a escada para que todos caiam, salvando ele sozinho por ser mais esperto e ter ficado lá no patamar de cima, pode desmoronar no momento da campanha propriamente dita. O mal que fez a homens como Carlos Burgo, Aristides Lima, Felisberto Vieira, e tantos outros responsáveis pela conquista das três maiorias absolutas do PAICV, não ficará pelas calendas gregas ! Ah, pode crer ! Mesmo as que foi fazendo para dificultar a liderança da JHA – atitude própria de Narcisista !

  3. Ze-Maria e’ um chefe mequetrefe que não vale um tostão. Mandou aposentar Fifs com mais de 200.000.00 na qualidade de polícia política do PAI só porque foram colegas de Brazucas.Há tempos vi na pose do mequetrefe uma outra foto do Fifs em “ background “.Estes patifes do comunismo deveriam estar e’ no calabouço.

  4. Quem faz opinião deve ter valores, referências princípios e pode perfeitamente ter preferências ideológicas e afiliação politica; isso só pode trazer credibilidade , quando assumido de forma clara frontal e inteligente , sem pejo nem rebuços, … estamos em democracia , convenhamos ; Neste caso particular , dos argumentos aduzidos para justificar a candidatura de JMN a PR da CV , é mais que evidente que em todas as intervenções que fez não conseguiu esconder a sua pretensão de ser um “Presidente executivo” ; JMN vem manifestando claramente , muito mais do que uma vontade de ser um parceiro do governo , respeitando o seu espaço constitucional , mas sim assumir um protagonismo constitucionalmente questionável em relação ao executivo em questões em este é competente ; isto tudo tem ver com os ditames politico / ideológicos legítimos de JMN ; por coincidência (??) , o ilustre mandatário de JMN vem exatamente reconfirmar este pronúncio , que só pode antever em caso de eleição de JMN , fricção inevitável com a instituição/governo que tem legitimidade constitucional para governar ; o ilustre mandatário , de algum modo atrapalhou-se hoje com a pergunta / provocação da jornalista “ … se a afiliação /colagem politica do JMN ao PAICV não ia prejudicar a candidatura” ,.. aquele deu uma resposta evasiva que nada tem ver com a pergunta ,.. alguém se lembra ? registei ,…Será que seria algo herege, assumir que JMN nada tem a ver com as linhas programáticas da governação deste executivo, porem quer ser um árbitro isento?.. ora nem mais! seria muito útil para fortalecer a opinião pública visando uma decisão em consciência no dia ” D” , que o mandatário assumisse uma postura corajosa… e inequivoca neste particular , a democracia assim permite ; enfim, isto tudo faz parte do DNA politico / Ideológico deste candidato , e o ilustre mandatário infelizmente não consegui contornar esta questão de forma politicamente correta, salvo o devido respeito por opiniões diversas ; Cos diabos , será que Carlos Veiga poderá algum dia negar a sua afiliação ao MPD e sua plataforma politico ideológica ?,.. acho que ele nunca faria isso ( penso eu de que …kkk) ; a abordagem de Veiga tem sido muito mais clara , pedagógica e transparente , doa a quem doer, ele sabe a distância e a fronteira que o separa de qualquer executivo ; então porquê fugir da essência da pergunta que ficou sem resposta? na realidade aí é que reside o desajeito e o risco pra CV : JMN como presidente , sério concorrente, tudo menos um parceiro do governo , um contraponto perigoso ao programa deste governo , que foi largamente sufragado pelo voto popular ,.. Disse !!!

  5. Embora saiba que esse texto é para consumo próprio e não vai ser publicado espero que sirva, pelo menos de reflexão para a direção deste jornal on line.
    Não acham que a credibilidade de um jornal está na pluralidade de opiniões?
    Porquê que que 99% das minhas opiniões não são publicadas? É porque são criticas?
    Acham normal que a maioria das opiniões emitidas são das mesmas pessoas?

Comments are closed.