Bancos privados financiam CVA em 24 milhões de dólares

0

Linha de crédito tem como objetivo impulsionar a rentabilidade da transportadora aérea

O Governo e os bancos privados, BICV e o Ecobank, assinaram na tarde de sexta-feira, 12, uma linha de crédito no valor de 24 milhões de dólares, para a transportadora aérea Cabo Verde Airlines. O objetivo do financiamento é impulsionar a rentabilidade da companhia.

Olavo Correia, Ministro das Finanças, em representação do Governo, avançou que este acordo representa um grande ganho para o País, uma vez que como diz, Cabo Verde precisa ser mais aberto ao mundo para que se possa transformar-se num País melhor.

“O papel do Estado é criar oportunidade para que possamos ter em Cabo Verde um hub, como forma a transportar as pessoas e criar oportunidades de negócios nos mais diversos domínios”, sublinhou o Ministro, para quem é necessário diversificar a economia nacional para que possa criar empregos qualificados e bem remunerados.

O CEO da CVA, Jens Bjarnason, confirmou estar muito feliz com a concretização desta linha de crédito, e aproveitou para agradecer os parceiros pela confiança, afirmando que este é apenas o início de um longo processo de consolidação da transportadora aérea.

Jens Bjarnason garantiu que o empréstimo assinado com os bancos é para permitir que a CVA possa operar durante 18 a 20 meses, porém, acredita que depois desse período a companhia possa “obter lucros”.

A transportadora aérea nacional prefere focar nas rotas internacionais, apesar de reconhecer que os passageiros da mesma companhia, precisam de ligações internas, mas prefere deixar para outras companhias as ligações domésticas.

César Freire, Administrador da BICV, afirmou que decidiram apoiar a iniciativa, por ser um projeto estruturante para Cabo Verde, reiterando total confiança e apoio à companhia para com os transportes aéreos, realçando que esta concretização mostra o comprometimento do BCIV com o desenvolvimento e o crescimento da economia Cabo-verdiana.

José Mendes, Administrador da Ecobank, disse, por sua vez, que vêm neste projeto a integração, pelo fato de facilitar a ligação aérea entre o País e o resto do mundo, representando de certa forma a missão do Ecobank, realçando a escala que a West África vai criar para com a transportadora aérea.

- PUBLICIDADES -