Covid-19. Há mais 9 casos positivos e 1 recuperado no País

1

Nesta quarta-feira, o País conta com 46 casos ativos

Cabo Verde registou nesta quarta-feira, mais 9 casos positivos de Covid-19 em 367 amostras analisadas e um recuperado, em Santa Catarina de Santiago.

Os casos novos foram reportados na Praia, 4, Santa Catarina de Santiago, 1, Porto Novo, 1, São Vicente, 1, Maio, 1 e Ribeira Brava também 1.

O País passa a contabilizar 46 casos ativos, 37.925 casos recuperados, 349 óbitos, 16 óbitos por outras causas e 9 transferidos, perfazendo um total de 38.345 casos positivos acumulados.

1 COMENTÁRIO

  1. As estatísticas de coronavírus e covid para Cabo Verde atingiram níveis muito baixos de infecções, mortes e casos ativos. O DNS declarou que é sua opinião que esses resultados se devem à alta porcentagem da população elegível que foi vacinada.

    Além disso, certas restrições públicas foram praticamente eliminadas, incluindo o uso de máscaras em público.

    Apesar desse avanço contra a pandemia do coronavírus, a eliminação da restrição ao uso de máscaras em público é um grande equívoco na política de saúde pública. Além disso, Cabo Verde ainda pode enfrentar uma grave ameaça à saúde pública no futuro próximo. Existem várias razões para a minha opinião:

    1. Ao dizer às pessoas que não há mais necessidade de usar máscaras em público, a população percebe que o coronavírus não é mais uma ameaça e agora muitas pessoas não usam mais máscaras em ambientes fechados e não praticam mais o distanciamento social. Toda cautela foi jogada ao vento;

    2. Embora haja poucos casos ativos locais, Cabo Verde está significativamente exposto à entrada de turistas infectados originários da Europa, que agora está enfrentando uma nova onda massiva de infecções por coronavírus, particularmente entre aqueles que são resistentes à vacinação. O teste de PCR negativo que estes visitantes são convidados a apresentar para entrar em Cabo Verde não garante que estes visitantes não estejam infectados com o coronavírus;

    3. Embora o risco seja muito reduzido, ser vacinado não garante que uma pessoa não se infecte ou fique gravemente doente, especialmente aqueles com mais de 50 anos;

    4. Sabe-se que a eficácia das vacinas contra o coronavírus diminui substancialmente e continuamente após 6 meses, mesmo entre aqueles que foram totalmente vacinados. Além disso, as vacinas são conhecidas por serem menos eficazes contra a variante delta do coronavírus.

    Em resumo, as tendências incluem a eliminação de medidas básicas de saúde, redução da vigilância da população, introdução de milhares de turistas europeus, alguns potencialmente infectados com a variante delta, e redução da eficácia das vacinas após 6 meses.

    Estas tendências podem potencialmente levar a uma onda de infecções por coronavírus em Cabo Verde em um futuro não muito distante, a menos que nossos funcionários de saúde locais estejam vigilantes e não recomendem a eliminação de medidas básicas como uso de máscaras, distanciamento social e lavagem das mãos . Além disso, devemos planejar a aquisição de doses substanciais dos medicamentos emergentes da Pfizer, Merck e outros, para a prevenção da infecção por coronavírus e o tratamento de Covid.

    Se o DNS se tornar complacente, concentrando-se principalmente em alcançar altas taxas de vacinação ou deixar de implementar medidas e preparações em antecipação a uma segunda onda de infecções locais, poderemos ter uma situação muito ruim na saúde pública a partir de abril de 2022. Não vamos perder vista da floresta para as árvores.

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui