PM ao País. Governo apela à serenidade

1

Governo vai reforçar cumprimento de medidas na Boa Vista para travar evolução do vírus e deixa claro que ninguém vai sair da ilha, enquanto durar a quarentena

          

PM começou a observar que “confiança, serenidade e responsabilidade” é o que é exigido neste momento, da parte de todos. Ulisses Correia e Silva observa que a situação mundial é “gravíssima” e Cabo Verde não está alheio. “É fundamental que todos os cidadãos tenham consciência da gravidade da situação”, observou, em declarações aos Jornalistas, a partir do Palácio do Governo, ao lado dos Ministros da Administração Interna e da Saúde.

“Nesta guerra cada dia conta” disse o PM, admitindo que “é difícil” não cometer “erros e falhas” num processo tão delicado e que não depende exclusivamente das autoridades. Por isso, disse categórico, o Governo “assume os seus erros e falhas”, mas sem perder o foco, UCS observa que o “mais importante é continuar com determinação a fazer o bom combate até à vitória final” contra a pandemia.

O PM adverte, no entanto, que este “combate” não é apenas do Governo mas “de todos” e avisou que neste combate “cada pessoa conta”, e avisou. “O bom comportamento ou o mau comportamento faz diferença entre ter poucos casos ou muitos casos de infeção e de doença”.

Focando na Boa Vista, UCS advertiu que o que aconteceu “é o exemplo do que não pode acontecer”, mas não ilibou os funcionários que estiveram confinados no hotel Riu Karamboa, cujas responsabilidades são-lhes também devidas. “É de extrema gravidade a irresponsabilidade de promover, estimular ou incitar trabalhadores em quarentena à rebelião ou motim contra forças de segurança, assim como foi uma grande irresponsabilidade o não cumprimento de regras de confinamento nos quartos e as regras de distanciamento importantes para garantir não efeitos de contágio”, disse.

UCS observou ser de “responsabilidade ainda maior” o não isolamento das pessoas depois da saída do hotel, no domingo, para as suas residências. O resultado desta “irresponsabilidade” são os novos casos confirmados esta manhã.

Ao mesmo tempo que augura “boa recuperação” aos pacientes, o PM expressa confiança em como Cabo Verde vai vencer esta guerra, reconhecendo que o que aconteceu na Boa Vista é uma “dura lição” para o Governo que vai ter que endurecer as medidas e aplicação das medidas para “obrigar” o isolamento durante o estado de emergência.

A ilha vai ser vigiada igualmente pelo mar, impedindo que nenhuma embarcação, nomeadamente, botes, saiam da ilha, transportando pessoas para outras ilhas.

O PM fala também em “dura lição” para os cidadãos, observando que a violação de regras de isolamento social e de quarentena pode ter “consequências dramáticas”.

O PM dirigiu, igualmente, palavras de conforto à população da Boa Vista, dizendo que a situação “não é fácil” mas assegurou que a situação é “controlável”, assegurando que o Governo vai continuar a fazer tudo para proteger as pessoas e o País, face ao inimigo invisível.

Notícia atualizada às 17h48.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.