Guiné-Bissau vive um momento de imensa dor com morte do Bispo de Bafatá

1

Afirmação é do Jornalista Bissau-guineense, Helmer Araújo em declarações esta tarde ao OPAÍS.cv, ao abordar a morte do Bispo Dom Pedro Zilli

O Jornalista Bissau-guineense, Helmer Araújo, disse hoje que a Guiné-Bissau viveu ontem, e ainda vive, um momento de “extrema dor” por causa da morte do Bispo de Bafatá, Dom Pedro Zilli.

Em conversa com OPAÍS.cv, Araújo lembra que o falecido Bispo dedicou cerca de 30 anos na Guiné-Bissau e tornou-se numa pessoa carismática, e “muito querida” pelo povo. “É uma perda grande, não só para a Igreja, mas para o País que perdeu um grande homem”, precisou.

A morte do Bispo nessa Semana Santa, pode ser considerada como um sinal, pois para o Jornalista, Dom Pedro Zilli teve “uma morte tranquila” e vai poder agora descansar, depois de “muito trabalho” realizado na Guiné-Bissau, em várias frentes.

As autoridades Bissau-guineense também lamentaram a morte do Bispo de Bafatá. O Presidente Umaru Sissoco Embalo afirmou que Dom Zilli “deixa memórias de dedicação e de que os Guineenses vão saber honrar a sua memória e reforçar o seu espírito de diálogo, reconciliação e de oração, para que Deus abençoe a Guiné-Bissau”.

O Govermo por sua vez, considerou a morte do Bispo uma “grande perda” para o País.

O Bispo de origem Brasileira morreu na quarta-feira, 31, vítima da Covid-19, após alguns dias hospitalizado em Cumura, depois de testar positivo à Covid-19.

Dom Pedro Carlos Zilli era natual de Santa Cruz do Rio Pardo, em São Paulo, Brasil, e tinha 66 anos. Era membro do Pontifício Instituto para as Missões Estrangeiras, PIME, e a sua primeira missão após a sua ordenação em 5 de janeiro de 1985 foi na missão de Bafatá, onde atualmente era Bispo.

Após um período de missão, regressou ao Brasil em 1998, assumindo o serviço de formação de seminaristas do PIME e sendo vice-superior-regional para o Brasil-Sul, quando foi eleito Bispo em 13 de março de 2001, tornando-se o primeiro bispo missionário Brasileiro.

Notícias relacionadas:

Bispo de Bafatá morreu de Covid-19

Morreu Dom Pedro Zilli, Bispo de Bafatá

 

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.