Ilha do Sal acolhe Cabo Verde Investment Forum

0

Evento decorre de 1 a 3 de julho. As inscrições já se encontram abertas e terminam já no dia 15. Os lugares são limitados

Desde a realização da Conferência Internacional “Construindo Novas Parcerias para o Desenvolvimento sustentável de Cabo Verde”, realizada em dezembro de 2018, na Capital Francesa, Paris, o Governo comprometeu em realizar o Cabo Verde Investment Forum, evento que vai decorrer na ilha do Sal, entre 1 e 3 de julho próximo.

O objetivo deste evento, que passará a ser anualmente, visa fortalecer a cooperação empresarial e daí, ampliar as oportunidades de negócios no País e na sua zona geográfica de influência, acelerar de investimentos no setor financeiro privado e público, a implementação de projetos catalisadores que promovam o crescimento económico sustentável e a criação de emprego em Cabo Verde, visto que o setor privado, de acordo com o Governo, tem o papel central na promoção do desenvolvimento e do crescimento económico nacional, com a consequente maior e melhor criação de emprego com impacto na redução das franjas de pobreza.

A organização do fórum acredita que “através das ações que estão programadas”, é possível promover oportunidades de negócio para o investimento, mobilizar recursos financeiros necessários para a execução de projetos e promover parcerias nos grandes setores de Cabo Verde, nomeadamente, Agronegócios, Transporte, Economia Marítima, TIC’s, Turismo, Energia e Infraestruturas.

No entanto para participar no evento, que terá lugar nos dias 1, 2 e 3 de julho, na ilha do Sal, a organização disponibilizou uma plataforma de inscrição online disponível através do site: http://www.caboverdeinvestmentforum.cv/, cujo as inscrições encerram a 15 de junho.

De realçar que o Fórum tem o alto patrocínio do Gabinete do Primeiro-Ministro e é organizado em parceria com a Bolsa de Valores, e o setor privado nacional.

- PUBLICIDADES -

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui