Justiça impõe proibições a advogado detido

0

“Interdição de saída e proibição de contato” é a medida de coação que o Tribunal da Praia aplicou ao antigo Bastonário dos Advogados, ouvido na quinta-feira

O advogado está a ser indiciado da prática de crimes de burla qualificada, falsificação de documentos, organização criminosa, corrupção ativa, falsidade informática e lavagem de capitais, e foi detido na quarta-feira, 4, a mando do Ministério Público.

Antes, os seus escritórios e residência foram alvos de buscas.

Entretanto, o Ministério Público indica haver outros seis suspeitos identificados envolvendo “pessoas singulares”, em processos de compra e venda de terrenos na Praia.

Nenhuma identidade dos envolvidos foi revelada por o processo se encontrar em segredo de Justiça.

Notícia relacionada:

Advogado detido na Praia

- PUBLICIDADES -

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui