PR “chocado” com morte de Neno

1

Jorge Carlos Fonseca fala em “consternação imensa” pela morte do antigo internacional pela Seleção de Portugal

          

A morte do antigo guarda-redes do Benfica, Setúbal, Barreirense, Guimarães e da Seleção Portuguesa de Futebol é uma notícia que choca, reagiu o Presidente Jorge Carlos Fonseca que recorda o menino ainda na Cidade da Praia, onde eram vizinhos, na rua Cândido dos Reis.

“Chocado com a notícia da morte de Neno, Cabo-verdiano que se notabilizou como guarda-redes do Benfica, do Vitória de Guimarães e da seleção Portuguesa de futebol”, escreveu JCF.

O PR recorda ter conhecido Neno na Cidade da Praia, e depois, “cruzamo-nos nalgumas ocasiões, uma das quais no Porto (Portugal), num evento em que estive já como PR, e onde ele animou o ambiente cantando como gostava muito de fazer”.

JCF fala numa figura de uma simpatia e de uma jovialidade “raras”, pelo que a sua morte é uma “consternação imensa”.

Notícia relacionada:

Morreu guarda-redes Neno

1 COMENTÁRIO

COMENTE ESTA NOTÍCIA

Por favor digite seu comentário!


COMENTÁRIOS: O País defende a liberdade de expressão e o debate livre de ideias. Entretanto, todos os comentários são mediados pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Advertimos, no entanto, de que os comentários devem cumprir os critérios estabelecidos pela Coordenação Editorial, nomeadamente, não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem, não ofender o bom-nome de pessoas e instituições, não conter acusações sobre a vida privada de terceiros, e não conter linguagem inadequada. Comentários que não respeitarem estes pressupostos não serão considerados.


Por favor, digite seu nome aqui